AFRICOM com segunda base militar em África?

africom

De acordo com fontes noticiosas, a Voice of America terá (a peça desapareceu) reportado que “as autoridades militares norte-americanas analisaram 11 localizações para uma possível segunda base militar no continente africano, de acordo com o porta-voz do Comando de África dos EUA (AFRICOM),” o Coronel Mark Cheadle.

O Coronel adiantou ainda que a Nigéria não estará incluida nesse lote, o que surpreende dada a localização estratégica do país e que os EUA têm forças no terreno para apoiar a campanha militar multinacional contra o grupo Boko Haram

A AFRICOM tem apenas uma base militar permanente no continente, nomeadamente na costa leste, no Djibouti.

Ora fará sentido que uma eventual segunda base permanente seja estabelecida entre o Sahel e a região subsariana. Veremos.

Sobre Gustavo Plácido

An independent political and security risk analyst focused on Lusophone Sub-Saharan Africa. He covers Angola and Mozambique for Horizon Client Access.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a AFRICOM com segunda base militar em África?

  1. Eugenio C Almeida diz:

    Açores, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe já foram ventilados como possíveis locais. Açores como contrapartida da saída das Lages, e os dois arquipélagos por já lá terem pessoal. Também li num artigo do Africa Confidential – quase em nota de rodapé – Mali e Camarões.

    Gostar

    • Gustavo Plácido diz:

      Cabo Verde e São Tomé seriam dois locais estratégicas para a AFRICOM, não haja dúvida.

      Considero, no entanto, que as prioridades imediatas dos EUA implicarão uma base algures na fronteira entre o Sahel/África Ocidental (continental).

      O problema que se coloca é que uma eventual instalação de uma base militar permanente nessa região possa motivar os mesmo grupos que essa base terá como alvo. Isto antes de a base se tornar operacional.

      Talvez seja por esta razão que a temática esteja ainda no “segredo dos deuses (do Pentágono)”.

      Resta especular caro Eugénio.

      Liked by 1 person

      • Eugenio C Almeida diz:

        O local desejado, desde sempre seria na Nigéria; só que as crises internas e a frontal crítica e “impedimento” da união Europeia inviabilizou esse intento. Daí que tenham virado para STP, primeiro, e também foram “obrigados” a desistir – ainda que mantenham o radar em Príncipe – e ficaram, provisoriamente – já há uns anos – na Alemanha.

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s