Porque é que a China está a construir uma base militar em África?

Camp_Lemonnier_-_Google_Maps_-_2017-07-22_15.12.37

Google Maps

Na rúbrica War College, da Reuters, um ex- membro das Forças Especiais do Exército dos EUA, Derek Gannon, dá a sua visão sobre os interesses da China na África Oriental e Corno de África, bem como a razão para o facto de várias forças de Operações Especiais norte-americanas lá estarem instaladas.

A China tem investido milhares de milhões de dólares no continente africano ao longo da última década, algo que está longe de ser motivado pelo acesso a novos mercados e a fontes abundantes de recursos naturais.

Ora, é no Djibouti que a China está a construir a sua primeira base militar além-fronteiras, algo que, tendo em conta os objectivos económicos, de política externa e de segurança de Pequim, é de especial relevância não apenas para os interesses de Washington, mas também para África, o Médio Oriente e a Europa.

Na sua opinião (a qual eu defendo), o continente africano será o próximo palco para os “conflitos por procuração” globais, ou Proxy Wars, entre a actual única superpotência do mundo, os EUA, e aquela que gradualmente se procura afirmar como tal: a China.

Tempos interessantes estes.

Podem ouvir o áudio em baixo: 30 minutos bem gastos.

 

Sobre Gustavo Plácido

An independent political and security risk analyst focused on Lusophone Sub-Saharan Africa. He covers Angola and Mozambique for Horizon Client Access.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s